Notícias

Microgeração de energia solar no Brasil supera 20.000 conexões
Gerar a própria energia se tornou um grande negócio nos últimos anos. Atualmente, o Brasil apresenta mais de 20 mil conexões, segundo a Aneel (Agencia Nacional de Energia Elétrica). Dentre as classes de consumo (comercial, iluminação pública, industrial, poder público, residencial, rural e serviço público) o consumo residencial é o que mais se destaca, superando 14 mil conexões.
De acordo com Anaibel Novas, gerente da Unidade de Negócio de Energia Solar da multinacional austríaca Fronius, a população tem investido cada vez mais em energia sustentável devido a diversos fatores como: constantes secas, crise hídrica e aumentos das tarifas de energia elétrica.
Leia mais em: http://microgeracao-de-energia-solar-no-brasil-supera-20-mil-conexoes/



1º ônibus elétrico movido a energia solar brasileiro circulará em Santa Catarina
O ônibus deve começar a circular em Florianópolis no mês de março de 2018 e será utilizado para o transporte de alunos, professores e funcionários da UFSC. As recargas do veículo serão realizadas na estação de energia solar do Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica da universidade.
O ônibus elétrico contou com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e cerca de R$ 1 milhão foi investido em tecnologia. O veículo fará o percurso de 50km entre o campus e o Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica, no Sapiens Parque, e reduzirá em um terço o tempo gasto para o deslocamento.



Primeira usina flutuante de energia solar começa a ser construída na Holanda
Um consórcio de seis empresas holandesas começou a construir a primeira usina flutuante localizada em mar aberto para a produção de energia solar. De acordo com informações dadas por Ariane van Hoeken, à Agência Efe. As instalações ficarão a cerca de 15 quilômetros do litoral de Scheveningen, em Haia. 
Allard van Hoeken, fundador do grupo Oceans of Energy, premiado como engenheiro do ano em 2015, afirmou que o projeto é desafiador, pois terão alguns desafios pela frente, como por exemplo, enfrentar ondas enormes e outras forças destrutivas da natureza. O projeto é inédito e especial, algo parecido nunca foi apresentado antes. A usina tem o apoio e financiamento do governo holandês e a expectativa é que a inauguração da mesma seja em, no máximo, três anos. 
Leia mais em: https://primeira-usina-flutuante.html




Presidente francês quer mobilizar US$ 1 trilhão para energia solar
Emmanuel Macron lançou a conferência de fundação da Aliança Solar Internacional (ISA) em 11/03/2018. A iniciativa do presidente da França é realizada ao lado do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi. O objetivo é conseguir avanços concretos no desenvolvimento desse tipo de energia entre os países-membros, segundo a Agência EFE.
O presidente fez um discurso para as delegações de 47 países que farão parte da organização e para 23 chefes de Estado presentes no evento de abertura em Nova Délhi. O objetivo da aliança é que as nações desenvolvidas transfiram tecnologia e financiem o desenvolvimento da energia solar em regiões mais pobres do mundo.
“Junto ao primeiro-ministro Modi, gostaria que todos os que tomem a palavra hoje façam anúncios concretos sobre como vão desenvolver a energia solar em seus próprios países. Estamos obcecados com resultados concretos”, enfatizou Macron.
Leia mais em: http://planeta/energia/frances-trilhao-energia-solar/




Zona nuclear de Chernobyl ganha painéis de energia solar
O primeiro projeto solar na zona de Chernobyl deverá ser encomendado no mês que vem, mais um passo do plano dos desenvolvedores de investir 100 milhões de euros (US$ 119 milhões) e construir capacidade de energia renovável na zona de exclusão radioativa. 
O projeto terá 1 megawatt e a construção custará cerca de 1 milhão de euros (US$ 1,2 milhão), segundo Evgeny Variagin, CEO da Rodina, empresa de Engenharia responsável pelo projeto.
Queremos, pouco a pouco, otimizar a zona de Chernobyl", disse Variagin, por telefone. "Não deveria haver um buraco negro no meio da Ucrânia. Nosso projeto fica a 100 metros do reator."
Leia mais em: https://economia.uol.com.br/noticias





Bondinho do Pão de Açúcar agora é movido a energia solar
O Bondinho do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, é um dos principais cartões postais da cidade e um dos mais famosos do mundo. Agora a estrutura conta com mais um diferencial: energia solar fotovoltaica.
Um dos grandes benefícios do sistema reforça sua preocupação ambiental. Toda energia gerada e consumida no Pão de Açúcar hoje equivale ao consumo de dez famílias médias. Com a utilização do sistema de captação de energia fotovoltaica no local, cerca de seis toneladas de CO2 deixarão de ser emitidas por ano.
Leia mais em:http://ciclovivo.com.br/noticia/bondinho-do-pao-de-acucar-agora-e-movido-a-energia-solar/



Alemanha terá o maior complexo residencial sustentável do mundo
Já está em construção o maior condomínio passivo de residências do mundo. Localizado na Alemanha, o empreendimento com 162 apartamentos, contará com uma usina solar própria, jardins verticais, além de outras soluções sustentáveis.

O Heildelberg Village foi projetado pelo escritório alemão Frey Achitekten com diversos conceitos de eficiência energética e de uso e princípios da arquitetura bioclimática. Os apartamentos têm varandas individuais, sua própria micro-usina solar e podem abrigar confortavelmente até cinco pessoas. Mas, o restante do condomínio reserva ainda mais atrativos.
Leia mais em:http://ciclovivo.com.br/noticia/alemanha-tera-o-maior-complexo-residencial-sustentavel-do-mundo/



Sustentabilidade e economia atraem consumidores para a energia solar
O sol é uma fonte com potencial para produzir energia elétrica de forma econômica e sustentável e o Brasil tem um grande potencial fotovoltaico. De acordo com Luís Guilherme Campos de Oliveira, sócio proprietário de uma empresa de energia solar em São Roque (SP), a economia pode chegar a até 95% na conta de energia por mês.

“O painel solar produz mais ou menos energia de acordo com a radiação do local, mas todas as casas e empresas podem ter energia solar”, explica Oliveira. “A Alemanha foi uma das pioneiras nesse ramo e no local com menos sol no Brasil tem 30% a mais de potencial fotovoltaico do que no lugar com mais sol na Alemanha”, afirma.
Leia mais em:http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/mercado-imobiliario-do-interior/noticia/2016/08/sustentabilidade-e-economia-atraem-consumidores-para-energia-solar.html?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar



7 incríveis projetos de energia solar no mundo
Em formato de leque, esta estrutura que se assemelha a um relógio é o maior edifício comercial alimentado por energia solar no mundo. Localizado em Dezhou, na província de Shandong, noroeste da China, o prédio de 75 mil metros quadrados de área abriga um hotel, centros de exposição, laboratórios de pesquisa e desenvolvimento científicos e espaçosas salas para reunião e treinamento.

Com uma cobertura de paineis solares de 5 mil metros quadrados, o edifício tem 95% de suas necessidades energéticas proveniente dessa fonte renovável. A cor branca adotada na fachada simboliza energia limpa, além de ajudar a refletir a luz do sol, reduzindo o calor
Leia mais em:http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/7-incriveis-projetos-de-energia-solar-no-mundo



Austrália tem transporte público gratuito que é movido a energia solar
Nós brasileiros sonhamos que um dia o transporte público seja gratuito, e se além de gratuito ele fosse totalmente sustentável? Na Austrália isso já é uma realidade. O país é o primeiro do mundo a colocar nas ruas ônibus movidos à energia solar, e sem nenhuma tarifa.

Eles começaram a ser usados em fevereiro, a frota já percorreu mais de 60 mil quilômetros pelas ruas da cidade de Adelaide e evitou a queima de 14 mil litros de diesel na atmosfera. A ideia foi da empresa Adelaide Connector Bus, uma das maiores companhias de transporte público dessa cidade.
Leia mais em:http://engenhariae.com.br/meio-ambiente/australia-tem-transporte-publico-gratuito-que-e-movido-a-energia-solar/



Dubai com Paineis Solares Fotovoltaicos em todas as casas até 2030
O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro e vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed bin Rashid Al Maktoum: todas as casas no Dubai terão paineis solares fotovoltaicos até 2030.

Esta medida faz parte do plano “Estratégia de Energia Limpa para o Dubai” e tem como objetivo tornar a cidade referência em produção de energia limpa e renovável. O objetivo passa por ter 7% de toda a eletricidade proveniente de energia limpa até 2020, 25% até 2030 e 75% até 2050.

Os paineis solares fotovoltaicos na cidade de Dubai irão gerar aproximadamente 5 mil Megawatts a mais de energia limpa até 2030.
Leia mais em:http://www.portal-energia.com/dubai-com-paineis-solares-fotovoltaicos-em-todas-as-casas-ate-2030/



Projeto transforma plástico de lixo eletrônico em coletores de energia solar
Com o objetivo de reduzir o volume de plástico, oriundo de aparelhos eletroeletrônicos e baratear o custo de painéis solares, a Instituição Social Ramacrisna, em parceria com a Una, Uni-BH, UFMG e CDI, lançam o Própolis – Projeto Polímeros para a Inclusão Social. A iniciativa, que conta com o apoio da Cemig e da Fapemig, unindo desta forma os setores público, privado e terceiro setor, conseguiu desenvolver coletores a partir destes polímeros, o que reduzirá consideravelmente os custos dos coletores, ampliando o acesso a este tipo de energia a mais camadas da sociedade.
Leia mais em:http://ciclovivo.com.br/noticia/projeto-transforma-lixo-eletronico-em-coletores-de-energia-solar/



Impulse II encerra viagem e é 1º avião a cruzar o mundo com energia solar
O avião Solar Impulse II, movido apenas a energia solar, completou hoje (25/7/2016) sua volta ao mundo após aterrissar no aeroporto internacional de Abu Dhabi às 4h05 (horário local, 21h05 de Brasília), mesmo ponto de onde partiu em março de 2015.

"Este momento é muito especial para nós, completamos esta viagem passo a passo e estamos muito emocionados com a chegada a Abu Dhabi", disse André Borschberg, segundo piloto da aeronave, à agência EFE. O avião foi pilotado por Bertrand Piccard na última etapa entre Egito e Emirados Árabes Unidos.

O Impulse completou 42.000 quilômetros em 17 voos, para os quais necessitou de mais de 500 horas sobrevoando o mar de Arábia, Índia, Mianmar e China, os oceanos Pacífico e Atlântico, os Estados Unidos, o sul da Europa e o norte da África.
Leia mais em:http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2016/07/impulse-ii-encerra-viagem-e-e-1-aviao-cruzar-o-mundo-com-energia-solar.html?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar



Primeira empresa auto-sustentável do mundo situa-se em Paredes, Portugal
São cada vez mais frequentes as notícias de empresas multinacionais que se tornam auto-sustentáveis a nível energético. Mas as boas notícias não surgem apenas do lado de fora da fronteira.

Em Lordelo, no concelho de Paredes há uma empresa que está literalmente nas “bocas do mundo”. Chama-se WoodOne e é a primeira empresa auto-sustentável, a nível mundial.

A WoodOne é a primeira empresa auto-sustentável do mundo a conseguir obter 100% da energia elétrica consumida através da produção de energia com paineis solares fotovoltaicos.
Leia mais em:http://www.portal-energia.com/primeira-empresa-auto-sustentavel-do-mundo-situa-paredes/



Acabaram os recursos! Humanidade viverá 'a crédito' a partir desta segunda
Na próxima segunda-feira (8), a humanidade terá consumido a totalidade dos recursos que o planeta é capaz de renovar em um ano e passará a viver "a crédito" até 31 de dezembro - calculou a ONG Global Footprint Network, lembrando que esse momento chega cada ano mais cedo.

O dia 8 de agosto vai marcar para a Terra, neste ano, o "Earth Overshoot Day" (dia de passar do limite). A partir dessa data, "viveremos a crédito", anunciou a organização em um comunicado conjunto com a ONG WWF.

Para fazer o cálculo, a Global Footprint leva em conta a emissão de gases causadores do efeito estufa, os recursos consumidos pela pesca, pecuária e agricultura, assim como as construções e o uso de água. Leia mais em:http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2016/08/08/acabaram-os-recursos-humanidade-vivera-a-credito-a-partir-desta-segunda.htm#fotoNav=2



MIT desenvolve célula solar tão leve como uma bolha de sabão
Pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) produziram o que acreditam ser as mais finas e mais leves células solares já produzidas. De tão delicadas, elas podem ser instaladas em praticamente qualquer superfície ou dispositivo -- em testes de laboratório, foram colocadas até mesmo sobre a superfície de uma bolha de sabão, sem estourá-la.

Embora possa levar anos para chegar às vias comerciais, a descoberta pode, um dia, levar a um mundo de smartphones e outros gadgets livres de carregadores a cabo, e a vestimentas, como camisas e chapéus, capazes de converter a luz solar em energia, sem que o painel acarrete peso extra substancial. Leia mais em: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/mit-desenvolve-celula-solar-tao-leve-como-uma-bolha-de-sabao


França vai transformar rodovias em miniusinas solares
E se as rodovias de um país pudessem funcionar como miniusinas solares? Pois a França pretende revestir 1 000 quilômetros de estradas, no interior do país, com painéis fotovoltaicos, ao longo dos próximos cinco anos.

O projeto é fruto de uma parceria público-privada entre a empresa de infraestrutura de transporte americana Colas e o Instituto Nacional de Energia Solar da França (INES, na sigla em francês). Leia mais em: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/franca-vai-transformar-rodovias-em-miniusinas-solares


Spin Cell promete revolucionar a energia solar
A tecnologia de produção de energia elétrica tendo como fonte a luz solar, tem vindo a ser alvo de grandes inovações tecnológicas num curto espaço de tempo.

Muitas são as promessas de revolução, sendo que os dois maiores obstáculos encontrados pela indústria de energia solar estão relacionados com os custos e a eficiência.

A empresa V3 Solar promete revolucionar o mercado da energia solar com a sua nova tecnologia rotacional avançada denominada de Spin Cell. Leia mais em: http://www.portal-energia.com/spin-cell-promete-revolucionar-a-energia-solar/



Brasil inaugura primeira central solar flutuante do mundo
O primeiro projeto de exploração de energia solar em lagos de centrais hidroelétricas, com recurso de flutuadores, foi inaugurado dia 4 de março na Hidroelétrica de Balbina, no município de Presidente Figueiredo, no Amazonas (Brasil).
As placas fotovoltaicas flutuantes no reservatório da central solar amazonense vão gerar, inicialmente, 1 MWp de energia (1Megawatt pico, equivalente à geração de 1 MW no momento de maior insolação). A previsão é que em outubro de 2017 a potência seja ampliada para cinco MW, o que é suficiente para abastecer, por exemplo, 9 mil casas com uma área equivalente à de cinco campos de futebol. Leia mais em: http://www.portal-energia.com/brasil-inaugura-primeira-central-solar-flutuante-do-mundo/



Já viu a usina solar da Disney? Parece a cabeça do Mickey
No ano passado, a empresa Duke Energy e o Walt Disney World Resort formaram uma parceria para construir uma fazenda solar perto do parque Epcot, na Flórida. Concluída recentemente, a instalação revela um formato muito familiar.

Ela é formada por três círculos que simbolizam o famoso rato Mickey Mouse (não poderia ser diferente, não é mesmo?) e ajudará a satisfazer a demanda de energia do complexo da Disney.

Composta por 48 000 painéis solares, a usina tem capacidade de geração de cinco megawatts, o equivalente a 1 000 sistemas residenciais de geração solar, segundo a Duke Energy.

Toda a energia será vendida para a o distrito de Reedy Creek Improvement (RCID), que administra a terra do Walt Disney World Resort. O contrato com a empresa de energia tem duração de 15 anos. Reportagem em: http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/ja-viu-a-usina-solar-da-disney-parece-a-cabeca-do-mickey



BNDES prevê mais 3 fabricantes de painéis solares no Brasil até o final do ano
O Brasil deverá atrair até o final deste ano mais três empresas interessadas em montar localmente painéis para a geração de energia solar fotovoltaica, com dois investidores chineses e uma grande empresa brasileira, que irá importar a tecnologia, afirmaram à Reuters dois gerentes da instituição financeira.

Essa fonte de geração dá seus primeiros passos no Brasil, mas as características climáticas favorecem a energia solar no país.

"São players internacionais muito relevantes... todas essas são empresas de grande porte, o que traz uma segurança para o setor de que não são aventureiros, vão trazer capacidade para atender seja projetos de leilão, seja de geração distribuída", disse a gerente do departamento de energias alternativas do BNDES, Cláudia Noel. Leia mais em: http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN0WW2ET?pageNumber=1&virtualBrandChannel=0


Maior Usina Solar do Mundo
O Sistema de Geração Elétrica Solar Ivanpah é um projeto de US $ 2,2 bilhões, patrocinado pela NRG Energy, Google e o governo dos EUA. Esta usina localizada no Deserto de Mojave - Califórnia é composto por três usinas termo-solares que ocupam uma área de 3.500 acres (14,2 km2). Ela tem um total de 173.500 heliostatos, cada um com dois espelhos, concentrando a energia solar em caldeiras localizados no topo de três torres, onde os receptores geram vapor para acionar turbinas especialmente adaptadas, para produzir um 392 MW de energia elétrica (capacidade instalada). Isso significa que esta planta pode gerar energia mesmo quando não há luz solar, pois armazena o calor do sol em sal fundido, de modo que as turbinas possam trabalhar durante a noite. Veja o vídeo em: http://www.construindoo.com/noticia/energia-e-barragens/maior-usina-solar-do-mundo-world-s-largest-solar-plant/161/


Vantagens, desvantagens e diferenças dos modelos de Painéis Solares Fotovoltaicos Economizar uma parte da energia que consumimos todos os dias com sistemas de aproveitamento da radiação ou Painéis Solares Fotovoltaicos, já é mais do que realidade em nosso cotidiano, as tecnologias estão cada vez mais relevantes e potencializam as questões de cuidados climáticos, além é claro de contribuir com o meio ambiente e redução de valores nas contas de energia elétrica.

Claro que como tudo na natureza existem as vantagens e desvantagens em todo o ecossistema, e nas vertentes da energia solar, não seria diferente. Contudo existem também diversas diferenças entre os Painéis Solares Fotovoltaicos, aprenda a conhecer as principais vantagens e desvantagens dos paineis solares fotovoltaicos. Leia mais em: http://www.portal-energia.com/vantagens-desvantagens-diferencas-dos-paineis-solares-fotovoltaicos/



Agência aprova edital do Leilão de Reserva para fonte fotovoltaica 28/07/2015
O edital do Leilão nº 08/15, de energia de reserva, foi aprovado nesta terça (28/07), durante a 27ª Reunião Pública da diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O certame será realizado no dia 28 de agosto para contratação de energia de novos empreendimentos de geração a partir de fonte solar fotovoltaica, com início de suprimento em 1º de agosto de 2017. Leia mais em: http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/noticias/Output_Noticias.cfm?Identidade=8262&id_area=90


Leilão A-5 será realizado na próxima sexta-feira (28/11) 25/11/2014
A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) realiza nesta sexta-feira (28/11), com operacionalização da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), o Leilão de Geração nº6/2014 (A-5*). Os jornalistas poderão acompanhar o certame, que acontece online, a partir das 10h, em estrutura montada no Hotel Meliá Paulista (Av. Paulista, 2181- Sala Paulista III – São Paulo – SP). O leilão visa contratar energia de hidrelétricas, eólicas, usinas solares e termelétricas movidas a carvão, gás natural e biomassa. A energia negociada no leilão terá início de suprimento em 1º de janeiro de 2019. Leia mais em: http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/noticias/Output_Noticias.cfm?
Identidade=8262&id_area=90


Aberta audiência pública sobre o Leilão de Energia de Reserva de fonte solar 02/06/2015


A ANEEL aprovou hoje (2/6), em Reunião Pública Ordinária, a audiência pública documental para receber as contribuições da sociedade sobre o Edital do Leilão nº 8/2015-ANEEL, denominado 1º Leilão de Energia de Reserva de 2015, destinado à contratação de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração a partir de Fonte Solar Fotovoltaica, com início de suprimento em 1º de agosto de 2017. Leia mais em: http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/noticias/Output_Noticias.cfm?Identidade=8591&id_area=90
Telhas Fotovoltaicas
Uma nova tendência vinda da Itália vem ganhando destaque em outros países da Europa: as Telhas Fotovoltaicas ou Telhas Solares. Fabricadas em cerâmica ou plástico, são acopladas à pequenos painéis fotovoltaicos capazes de produzir energia elétrica a partir da luz solar.

O grande diferencial está no aspecto estético e na facilidade de instalação, pois diferentemente dos modelos convencionais grandes e pesados, dispensa os enormes suportes para instalação. As telhas são facilmente instaladas em estrutura convencional e o cabeamento interligado por baixo, em série ou em paralelo – conforme especificação de projeto – e depois a energia gerada é direcionada ao controlador de carga, que distribui para rede da edificação. Leia mais em: http://www.construindoo.com/noticia/energia-e-barragens/telhas-fotovoltaicas/126/